Seja Bem Vindo!

sexta-feira, 1 de janeiro de 2016

3 – Revelações de Jesus Cristo

 


MÓDULO 3

O que você sabe sobre a Segunda Vinda de Jesus?

REVELAÇÕES DE JESUS CRISTO

“O DESCONHECIMENTO DO PLANO DIVINO,
CERTAMENTE CONTRIBUIRÁ PARA A PERDA DE MUITAS ALMAS,
CREMOS QUE, A SIMPLES ATENÇÃO
AOS TEXTOS BÍBLICOS, CONSTANTES NESTA CARTILHA
PODERÁ AJUDAR A REVERTER TAL SITUAÇÃO”.


Ez. 33:8

Pois, disse o Senhor:   
Se eu disser ao ímpio: Ó ímpio, certamente morrerás; e tu não falares, para dissuadir ao ímpio do seu caminho, morrerá esse ímpio na sua iniqüidade, porém o seu sangue eu o requererei da tua mão.




Ao iniciarmos este trabalho, não podemos deixar de mencionar, sobre o assunto, o brilhante texto  do escritor mineiro, Wanderley Xavier:

“Achando-se sobre nós os perigos dos derradeiros dias, cumpre-nos vigiar e orar, estudar e dar ouvido às lições que nos são dadas nos livros de Daniel e Apocalipse. Que gloriosa luz nos deu o Senhor, para nos guiar no episódio final da história humana! Andam na escuridão apenas aqueles que querem. Há a necessidade urgente e premente de uma acurada investigação das profecias, a fim de sabermos com precisão em que estágio da história nos encontramos. Os perigos destes dias requerem de nós uma observação diligente dos sinais escatológicos que nos rodeiam. Não há como escaparmos desta crise inexorável que nos cerca, e a nossa atitude para com as profecias determinará a nossa eficiência, na comunicação do evangelho para esta geração perplexa. Lamenta-se com tudo, a atitude de muitos cristãos contemporâneos, os quais por desconhecerem a gravidade do momento presente, vivem um cristianismo desprovido de amor e justiça, digno de reprovação pela ausência de respostas adequadas aos questionamentos da igreja”.


Antes de quaisquer comentários devemos analisar, ainda que rapidamente, as duas principais vertentes de interpretação que buscam esclarecer os últimos dias do atual sistema e o porvir, ou seja, a nossa vida no Reino de Cristo.

Várias são as escolas que vêm com o objetivo de elucidar o assunto, mas para não gastarmos tempo desnecessariamente, vamos nos ater às duas principais, a saber: Amilenismo e Milenismo. Como o próprio nome já diz, o conceito de Amilenismo: é de não crer que o milênio de Ap. 20:6 seja literal, já o Milenismo crê que haverá um espaço de mil anos, para que se cumpram todas as profecias bíblicas. O Amilenismo, na maioria   dos   casos,  entende   que os  textos  proféticos  são figurados.

Já o Milenismo, procura, na medida em que Deus possa liberar sabedoria, encaixar todas as profecias, de forma literal, dando sentido a um Plano Divino, o que cremos ser mais plausível, pois é para isso que recebemos as Escrituras Sagradas, se assim não fosse não teríamos nada, pois tudo teria que acontecer para que soubéssemos, contrariando a palavra de:
  
Amós  3:7
Certamente o Senhor DEUS não fará coisa alguma, sem ter revelado o seu segredo aos seus servos, os profetas.



Não é possível entender o desfecho do Plano Divino, se não levarmos em conta que as Revelações sobre o fim do sistema de governo humano, só se completam com a sobreposição de todas as profecias constantes no cânon sagrado, estabelecendo-se um paralelo com a história humana atual.  Em Jo. 16:12  Ainda tenho muito que vos dizer, mas vós não o podeis suportar agora. 13  Mas, quando vier aquele, o Espírito de verdade, ele vos guiará em toda a verdade; porque não falará de si mesmo, mas dirá tudo o que tiver ouvido, e vos anunciará o que há de vir.  Vemos que na época de Jesus (Yahwshwa HaMashiach) as informações ainda não estavam completas para que fossem entendidas, para tanto, seriam necessárias as maravilhosas profecias do Apóstolo Paulo bem como as excelentes Revelações de Jesus Cristo a João na Ilha de Pátmos.
  
O amilenismo se utiliza de vários versículos que realmente quando aplicados isoladamente fecham a questão, em favor deles. Vamos verificar três dos principais:


I Coríntios 15:51

51 Eis aqui vos digo um mistério: Na verdade, nem todos dormiremos, mas todos seremos transformados; 52  Num momento, num abrir e fechar de olhos, ante a última trombeta; porque a trombeta soará, e os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados....então cumprir-se-á a palavra que está escrita: Tragada foi a morte na vitória. 55  Onde está, ó morte, o teu aguilhão? Onde está, ó inferno, a tua vitória?


Este último versículo, se analisado isoladamente, deixa claro que após a segunda vinda de Jesus não haverá mais morte, pois a bíblia nos mostra que a morte é o último inimigo do homem e este evento coincidirá, segundo o Amilenismo, com a vinda de Cristo. Será?

Vejamos o que Apocalipse 20:5 diz:  Mas os outros mortos não reviveram, até que os mil anos se acabaram. Esta é a primeira ressurreição6 Bem-aventurado e santo aquele que tem parte na primeira ressurreição; sobre estes não tem poder a segunda morte; mas serão sacerdotes de Deus e de Cristo, e reinarão com ele mil anos.

Fica claro que Paulo se referiu em I Co. 15:55 a um povo específico, ou seja, as primícias, que serão arrebatadas e sobre a qual a morte não mais terá poder, não levando em consideração os vivos que entrariam no milênio, nem a ressurreição do Trono Branco. Completando vemos também em Ap. 20:11 E vi um grande trono branco... E deu o mar os mortos que nele havia; e a morte e o inferno deram os mortos que neles havia; e foram julgados cada um segundo as suas obras. E a morte e o inferno foram lançados no lago de fogo. Esta é a segunda morte. Mais uma vez, a confirmação de que a morte desaparece no fim do milênio e não na vinda de Yahwshwa.
  
I Pe. 3:10

Mas o dia do Senhor virá como o ladrão de noite; no qual os céus passarão com grande estrondo, e os elementos, ardendo, se desfarão, e a terra, e as obras que nela há, se queimarão. 11 Havendo, pois, de perecer todas estas coisas.
  
Eis aí, não é preciso mais, embora existam outros. Estes dois textos seriam, suficientes para descredibilizar  o Milenismo. Não havendo mais nada, depois do Arrebatamento e da Vinda de Cristo, apenas a promoção do Juízo final do Trono Branco de Ap. 20:11 (coincidindo com a vinda de Cristo e a destruição do planeta)  E vi um grande trono branco, e o que estava assentado sobre ele, de cuja presença fugiu a terra e o céu; e não se achou lugar para eles. 12  E vi os mortos, grandes e pequenos, que estavam diante de Deus, e abriram-se os livros; e abriu-se outro livro, que é o da vida. E os mortos foram julgados pelas coisas que estavam escritas nos livros, segundo as suas obras. Creio que este Pedro não seja o mesmo Pedro de Atos 3:19, me perdoem, pois o Pedro de Atos trouxe um texto rhema:

"Arrependei-vos, pois, e convertei-vos, para que sejam apagados os vossos pecados, e venham assim os tempos do refrigério pela presença do Senhor, E envie ele a Jesus Cristo, que já dantes vos foi pregado. O qual convém que o céu contenha até aos tempos da restauração de tudo, dos quais Deus falou pela boca de todos os seus santos profetas, desde o princípio."

Ora, não é compreensível que o mesmo Pedro afirmaria em Atos que a terra será regenerada, e depois escreveria uma carta afirmando que a terra vai pegar fogo.
  

Quem não conhece as escrituras “embarca”. Após uma pequena incursão no Amilenismo, da Segunda vinda do Senhor ao Juízo final, em poucos minutos. Agora, examinando as escrituras,  veremos:


Isaias 11:6

 "Morará o lobo com o cordeiro, e o leopardo com o cabrito se deitará; e o bezerro, e o leão novo e o animal cevado viverão juntos; e um menino pequeno os conduzirá. 7 a vaca e a ursa pastarão juntas, e as suas crias juntas se deitarão; e o leão comerá palha como o boi. 8 a criança de peito brincará sobre a toca da áspide, e a desmamada meterá a sua mão na cova do basilisco. 9 não se fará mal nem dano algum em todo o meu santo monte; porque a terra se encherá do conhecimento do senhor, como as águas cobrem o mar".

Isaias 65:21

 "E eles edificarão casas, e as habitarão; e plantarão vinhas, e comerão o fruto delas. 22 não edificarão para que outros habitem; não plantarão para que outros comam; porque os dias do meu povo serão como os dias da árvore, e os meus escolhido gozarão por longo tempo das obras das suas mãos: 23 não trabalharão inutilmente, nem terão filhos para calamidade; porque serão a descendência dos benditos do senhor, e os seus descendentes estarão com eles. 24 e acontecerá que, antes de clamarem eles, eu responderei; e estando eles ainda falando, eu os ouvirei. 25 o lobo e o cordeiro juntos se apascentarão, o leão comerá palha como o boi; [...]. não farão mal nem dano algum em todo o meu santo monte, diz o senhor".

Apocalipse 2:26

 E ao que vencer, e guardar até ao fim as minhas obras, eu lhe darei poder sobre as nações 27  E com vara de ferro as regerá.

Zc. 14:4

  E naquele dia estarão os seus pés sobre o monte das Oliveiras, que está defronte de Jerusalém para o oriente; e o monte das Oliveiras será fendido pelo meio, para o oriente e para o ocidente, e haverá um vale muito grande; e metade do monte se apartará para o norte, e a outra metade dele para o sul.

8  Naquele dia também acontecerá que sairão de Jerusalém águas vivas, metade delas para o mar oriental, e metade delas para o mar ocidental; no verão e no inverno sucederá isto.

Ap. 22:1

E MOSTROU-ME o rio puro da água da vida, claro como cristal, que procedia do trono de Deus e do Cordeiro. 2  No meio da sua praça, e de um e de outro lado do rio, estava a árvore da vida, que produz doze frutos, dando seu fruto de mês em mês; e as folhas da árvore são para a saúde das nações.



Vejam a baixo a chegada do Senhor em sua vinda cá para a Terra, entrando na Cidade que desce do céu (Ap. 21;2), onde ele afirma que habitará com os homens para sempre (Ap. 21:3), isso compreende o milênio e a eternidade.

Ezequiel 43

1 Então me levou à porta, à porta que olha para o caminho do oriente.
2 E eis que a glória do Deus de Israel vinha do caminho do oriente; e a sua voz era como a voz de muitas águas, e a terra resplandeceu por causa da sua glória.
4 E a glória do SENHOR entrou na casa pelo caminho da porta, cuja face está para o lado do oriente.
5 E levantou-me o Espírito, e me levou ao átrio interior; e eis que a glória do SENHOR encheu a casa.
6 E ouvi alguém que falava comigo de dentro da casa, e um homem se pós em pé junto de mim.

7 E disse-me: Filho do homem, este é o lugar do meu trono (Mt. 25:31), e o lugar das plantas dos meus pés, onde habitarei no meio dos filhos de *Israel  para sempre.
*(todos convertidos à Cristo Gl. 3:27/28 = Igreja de Cristo, Ap. 12)

Mateus 25:31

E quando o Filho do homem vier em sua glória, e todos os santos e anjos com ele, então se assentará no trono da sua glória; E todas as nações serão reunidas diante dele, e apartará uns dos outros, como o pastor aparta dos bodes as ovelhas...



Depois de alguns poucos versículos, nos cabe as seguintes perguntas aos Amilenistas:

1- Quando ... não trabalharão inutilmente, nem terão filhos para calamidade... Já que serão arrebatados e irão para uma tal de eternidade em algum lugar que ninguém sabe?
  

2- Quando e sobre quais nações Jesus afirma que os salvos ressurretos e arrebatados (primícias) terão poder de aplicar sua justiça com vara de ferro?

3- Quando o Senhor pisar o monte das Oliveiras, por ocasião da sua vinda, os montes serão aplainados, segundo Isaías, Zacarias e João Batista. Vemos também, que haverá um vale em cujo centro será implantado um rio de águas vivas, justo na posição em que se encontra  instalada a atual Jerusalém, que deixará de existir pois ela hoje está sobre os montes que serão aplainados.  Vemos no Capítulo 22 de Apocalipse que este rio estará localizado no centro da cidade celestial que desce ataviada como noiva, e se instala no vale, justamente sobre o Rio, onde haverá uma arvore para a cura das nações.
  

Pelo exposto anteriormente podemos afirmar que, haverá sim, um milênio com dois povos: 1- Os ressurretos do último dia, de I Co. 15, que serão súditos, funcionários do Reino, ou seja Reis e Sacerdotes 2- E as Nações (ovelhas de Mt. 25:31) que passarão pela tribulação (Joel 2:32, Dn. 12:1 e Ap. 12).



A UNIÃO DA IGREJA COM ISRAEL


Romanos 11

17 E se alguns dos ramos foram quebrados, e tu, sendo zambujeiro, foste enxertado no lugar deles e feito participante da raiz e da seiva da oliveira, 18 não te glories contra os ramos; e, se contra eles te gloriares, não és tu que sustentas a raiz, mas a raiz a ti. 24 Pois se tu foste cortado do natural zambujeiro, e contra a natureza enxertado em oliveira legítima, quanto mais não serão enxertados na sua própria oliveira esses que são ramos naturais!




Encontramos na carta de Paulo aos Efésios 2:12, a seguinte afirmação: Que naquele tempo estáveis sem Cristo, separados da comunidade de Israel, e estranhos aos consertos da promessa, não tendo esperança, e sem Deus no mundo. 13 Mas agora em Cristo Jesus, vós que antes estáveis longe, já pelo Sangue de Cristo chegastes perto. 14 Porque Ele é a nossa paz, o qual de ambos os povos fez um; e, derribando a parede de separação que estava no meio... para criar em si mesmo dos dois um novo homem, fazendo a paz, E pela cruz reconciliar ambos com Deus em um corpo.


A SEGUNDA VINDA DE CRISTO


Como vemos nas escrituras, a segunda vinda do Senhor, ocorrerá em duas ocasiões, a PRIMEIRA, sob a forma de manifestação (parousia), que não será visível, pois os salvos, ressurretos (primícias) e os cento e quarenta e quatro mil selados (comprados da terra como primícias), arrebatados, irão até ele, para o encontro nas nuvens, I Ts.4:16, no final dos 1.260 dias de Dn. 12:2 e 7.
I Ts. 4:16
Porque o mesmo Senhor descerá do céu... seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens.
II Ts. 2:3
Ninguém de maneira alguma vos engane; porque não será assim sem que antes venha a apostasia, e se manifeste o homem do pecado...
(Manifestação do anticristo, no meio da septuagésima semana de Daniel – Dn. 9:27).

A SEGUNDA ocasião, ocorrerá poucos dias após o (provavelmente nos 1.335 dias de Dn 12) final do período da grande tribulação ou ira divina e se dará em Israel, mais precisamente em Jerusalém, cumprindo-se as profecias (Zc. 14:4 e 8, Jl. 2:32, Dn. 12). O Senhor descerá com todos os salvos que subiram por ocasião do ARREBATAMENTO, cumprindo-se o que foi profetizado no Livro de Apocalipse 19:8 e 14, I Ts. 3:13, Judas 14 e Zacarias 14:4 e 8 Então virá o SENHOR meu Deus, e todos os santos consigo. Os santos ressurretos arrebatados, que descerão com o Senhor neste momento, participarão do julgamento de I Co. 6:2, na qualidade de juízes, com Cristo: “Não sabeis vós que os santos hão de julgar o mundo?”

Segundo as escrituras, em Mt. 19:28, a terra será REGENERADA, também vemos em At. 3:20 E envie ele a Jesus Cristo, que já dantes vos foi pregado. 21 O qual convém que o céu contenha até aos tempos da restauração de tudo, dos quais Deus falou pela boca de todos os seus santos profetas, desde o princípio, considerando também I Co. 15:51/52 para a regeneração dos homens. Em Ap. 2:26 os salvos arrebatados trabalharão na administração do Reino, e regerão, na qualidade de Reis e Sacerdotes, os salvos em Cristo advindos de todas as nações, (santos da tribulação), por um período de mil anos.
Para a conclusão de nossa reflexão sobre, arrebatamento dos salvos, o final do atual sistema humano, julgamento das nações e eleição dos “benditos de meu Pai, Mt. 25:31”, bem como o início do Reino de Cristo no Milênio, seria oportuno voltarmos um pouco no texto Mc. 13:14, anteriormente citado.

O Senhor em seu sermão profético menciona Dn. 9:27, também exposto anteriormente, que diz o seguinte: E ele (líder mundial, que está para ser introduzido no atual sistema globalizado), firmará aliança com os poderosos por uma semana (semana de 7 anos); e na metade da semana... virá o assolador (o líder mundial, será possuído nos 42 meses finais Ap. 13:5, por uma potestade [6] maligna), e isso até à consumação; e o que está determinado será derramado sobre o assolador e seus perpetradores. Neste texto, Daniel escreve sobre os nossos dias, apontando para a introdução do líder mundial (um monarca que há de vir: tradução hebraica), que está às portas para ser introduzido no sistema globalizado em que vivemos.

O que é relevante é que ele não será simplesmente um líder, ele será o elemento que vai receber uma potestade, na metade dos 7 anos, e irá se transformar num ser execrável (II Ts. 2:8).  

O apóstolo Paulo explica, que Jesus não voltará antes da manifestação deste homem: (II Ts. 2:3) Ninguém de maneira alguma vos engane; porque não será assim sem que antes venha a apostasia, e se manifeste o homem do pecado, o filho da perdição.

Este líder, chamado por Paulo, de homem do pecado e por Daniel de Monarca, será transformado na mais poderosa arma de Satã, e receberá poder por 42 meses (Apocalipse 13:5), ou 3,5 anos, 7/2, metade dos sete anos de Daniel.

  
TEMOS RAZÕES DE SOBRA PARA PROCURAR SABER, COM PROFUNDIDADE, SOBRE O ARREBATAMENTO DOS SALVOS. O LIVRAMENTO DA IGREJA NA TRIBULAÇÃO E A SEGUNDA VINDA DE YAHWSHWA, POIS ATRAVÉS DESTAS AÇÕES SOBRENATURAIS, DE DEUS, VIRÁ O NOSSO LIVRAMENTO.

Durante o período final de três anos e meio, Deus fará Justiça na Terra (Apocalipse 16), daí o texto de Daniel que diz: ...isso até à consumação; e o que está determinado será derramado sobre o assolador e seus perpetradores. Nosso livramento porém, se dará conforme Ap. 12.

O termo derramado, se refere às sete taças da Ira, que serão derramadas sobre os perpetradores do concerto do anticristo, a saber: não sobre a igreja, para que haja justiça e em seguida a regeneração do planeta, para que definitivamente, nele habitemos em paz. (Isaías 11:4-9, Mateus 19:28 e At. 3:19/20/21).

Ap.12:14
E foram dadas à mulher duas asas de grande águia, para que voasse para o deserto, ao seu lugar, onde é sustentada por um tempo, e tempos, e metade de um tempo,
 fora da vista da serpente.

DOIS VERSÍCULOS PARA A MEDITAÇÃO

I Coríntios 15:12
Ora, se prega-se que Cristo ressuscitou dentre os mortos, como dizem alguns dentre vós que não há ressurreição de mortos?

I Coríntios 15:19
Se esperamos em Cristo só nesta vida, somos os mais miseráveis de todos os homens.


À EXEMPLO DA RESSURREIÇÃO DE
CRISTO, DEUS VAI RESSUSCITAR A TODOS OS QUE FIELMENTE PACTUARAM COM ELE, E JUNTAMENTE COM OS QUE PERMANECEREM VIVOS E FIÉIS EM SUA SEGUNDA VINDA, HÃO DE HERDAR ESTA TERRA,
REGENERADA DE FORMA INDESCRITÍVEL.
PARA QUE VIVAM COM ABUNDÂNCIA


PORQUE A IGREJA VIVA NÃO SERÁ ARREBATADA?

As palavras de nosso Senhor Yahwshwa, são suficientes e claras:

Jo. 6:39 E a vontade do Pai que me enviou é esta: Que nenhum de todos aqueles que me deu se perca, mas que o ressuscite no último dia.
40 Porquanto a vontade daquele que me enviou é esta: Que todo aquele que vê o Filho, e crê nele, tenha a vida eterna; e eu o ressuscitarei no último dia.
44 Ninguém pode vir a mim, se o Pai que me enviou o não trouxer; e eu o ressuscitarei no último dia.
54 Quem come a minha carne e bebe o meu sangue tem a vida eterna, e eu o ressuscitarei no último dia.
Jo. 11:24 Disse-lhe Marta: Eu sei que há de ressuscitar na ressurreição do último dia. 25 disse-lhe Yahwshwa: Eu sou a ressurreição e a vida; quem crê em mim, ainda que esteja morto, viverá.

Os mortos serão ressuscitados no último dia da 70ª. Semana de Daniel, a comprovação bíblica para essa afirmação está em Daniel 12:1 e 7... E haverá um tempo de angústia, qual nunca houve, desde que houve nação até àquele tempo (Mt. 24:21); mas naquele tempo livrar-se-á o teu povo, todo aquele que for achado escrito no livro. 2 E muitos dos que dormem no pó da terra ressuscitarão, uns para vida eterna, e outros para vergonha e desprezo eterno.

Os que forem sábios (vivos nos últimos dias que antecedem a Vinda do Senhor), pois, resplandecerão como o fulgor do firmamento; e os que a muitos ensinam a justiça, como as estrelas sempre e eternamente.

E ouvi o homem vestido de linho, que estava sobre as águas do rio, o qual levantou ao céu a sua mão direita e a sua mão esquerda, e jurou por aquele que vive eternamente que isso seria (a ressurreição ocorreria no final de:) para um tempo, tempos e metade do tempo (ou seja, no final dos 1.260 dias).

Dn. 2:35 Então foi juntamente esmiuçado o ferro, o barro, o bronze, a prata e o ouro, os quais se fizeram como pragana das eiras do estio, e o vento os levou, e não se achou lugar algum para eles; mas a pedra, que feriu a estátua, se tornou grande monte, e encheu toda a Terra.




Este texto mostra uma estátua completa, com seus 10 dedos, ou seja, com o reino do anticristo em seu último estágio. Quando a pedra sem auxílio de mão é cortada, esmiuçando a estátua, tornando-se em um grande monte, enchendo toda a terra. (Com o reino de justiça que não terá mais fim).

Dn. 2:44 Mas, nos dias desses [10] reis, o Deus do céu levantará um reino que não será jamais destruído; e este reino não passará a outro povo; esmiuçará e consumirá todos esses reinos, mas ele mesmo subsistirá para sempre.

Dn. 7:14 Eu estava olhando nas minhas visões da noite, e eis que vinha nas nuvens do céu um como o filho do homem; e dirigiu-se ao ancião de dias, e o fizeram chegar até ele.
E foi-lhe dado o domínio, e a honra, e o reino, para que todos os povos, nações e línguas o servissem; o seu domínio é um domínio eterno, que não passará, e o seu reino tal, que não será destruído.

Agora nos cabe a observação das palavras de Paulo aos Tessalonicenses:  I Ts. 4:15 Dizemo-vos, pois, isto, pela palavra do Senhor: que nós, os que ficarmos vivos para a vinda do Senhor, não precederemos os que dormem.

Ora, se não precederemos os que dormem e os mortos em Cristo ressuscitarão no último dia, quando ocorrerá o arrebatamento? Como diz a maioria dos Cristãos que a igreja viva será arrebatada antes da Tribulação (70ª. Semana de Daniel, reino do anticristo ou os 10 dedos da estátua)?
“Assim como podemos observar que, a pedra cortada sem auxílio de mão enche toda a terra e não o céu. A grande nação de Abrão, sim, os benditos de meu Pai de Mt. 25:31 enchem toda a terra, com a vinda de Yahwshwa.”

Em Mateus 25:31, vemos a resposta: “E quando o Filho do homem vier em sua glória, e todos os santos[e] anjos com ele, então se assentará no trono da sua glória;
E todas as nações (da terra) serão reunidas diante dele, e apartará uns dos outros, como o pastor aparta dos bodes as ovelhas.
E porá as ovelhas à sua direita, mas os bodes à esquerda. Então dirá o Rei aos que estiverem à sua direita: Vinde, benditos de meu Pai, possuí por herança o reino que vos está preparado desde a fundação do mundo”.

Está aí, o Reino de Cristo, o Reino de Justiça que aguardamos, na Terra, segundo a profecia de Daniel 2:35. Zacarias 14:9 E o Senhor será Rei sobre toda a Terra, Isaías 11:9 completa: Porque a terra se encherá do conhecimento do Senhor, como as águas cobrem o mar. 

MAS QUEM SERÃO OS VIVOS QUE SERRÃO ARREBATADOS?

Os mortos em Cristo, as primícias (I Co. 15:23) de todas as nações tribos e línguas, ressuscitados, aparecem claramente em Ap. 7:9. Ai ocorre a pergunta: mas quem são os vivos que serão arrebatados de I Ts. 4:16.  “Nós os que ficarmos vivos seremos arrebatados para o encontro com o Senhor nos ares.”, quando Paulo disse isso, só pode ter se referido a uma classe especial de vivos que aparece no início de Ap. 7 (sexto selo, final da grande tribulação), os 144.000 selados de Ap 14:4 Estes são os que seguem o Cordeiro para onde quer que vá. Estes são os que dentre os homens foram comprados como primícias para Deus e para o Cordeiro.  Cabe aqui a colocação, de que a tribo de Judá é progenitora de Israelitas e gentios (Gl. 3:27 Porque todos quantos fostes batizados em Cristo já vos revestistes de Cristo.  28 Nisto não há judeu nem grego; não há servo nem livre; não há macho nem fêmea; porque todos vós sois um em Cristo Jesus. 29 E, se sois de Cristo, então sois descendência de Abraão, e herdeiros conforme a promessa. Pelo sangue de Jesus que tem raiz em Abraão Isaque, Jacó, Judá, Davi, Jesus e nós. (Não chores; eis aqui o Leão da tribo de Judá, a raiz de Davi, que venceu, para abrir o livro e desatar os seus sete selos).

Ainda cabe uma observação curiosa, na ocorrência do texto de I Co. 15;51

Eis aqui vos digo um mistério: Na verdade, nem todos dormiremos, mas todos seremos transformados; Num momento, num abrir e fechar de olhos, ante a última trombeta; porque a trombeta soará, e os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados.

54 E, quando isto que é corruptível se revestir da incorruptibilidade, e isto que é mortal se revestir da imortalidade, [após o reino de 1.000 anos de Yahwshwa, aqui na terra], então cumprir-se-á a palavra que está escrita [em Apocalipse 20:14, no final dos 1.000 anos: “E a morte e o inferno, foram lançados no lago de fogo. Esta é a segunda morte”]: Tragada foi a morte na vitória. Onde está, ó morte, o teu aguilhão? Onde está, ó inferno, a tua vitória?

Se a transformação de corpos para a entrada no Reino ocorre na última trombeta, fim da tribulação, últimos 1.260 dias, como Paulo está dizendo que a morte é tragada na vitória se isso só acontece no evento do trono branco, após 1.000 anos (Ap. 20:5)?  Mas os outros mortos não reviveram, até que os mil anos se acabaram. Esta é a primeira ressurreição.
Bem-aventurado e santo aquele que tem parte na primeira ressurreição; sobre estes não tem poder a segunda morte; mas serão sacerdotes de Deus e de Cristo, e reinarão com ele mil anos.
“Ora, ficou claro que as primícias (ressuscitados no último dia), serão a Noiva do Cordeiro consequentemente Reis e Sacerdotes.”
Não podemos deixar de observar este texto, por que ele afirma literalmente que os ressurretos, primícias, serão os Sacerdotes de Deus e de Cristo e não os vivos (Benditos de Meu Pai), como afirmam a maioria dos Crentes.
7 E, acabando-se os mil anos, Satanás será solto da sua prisão. Apocalipse 20:10 E o diabo, que os enganava, foi lançado no lago de fogo e enxofre, onde estão a besta e o falso profeta; e de dia e de noite serão atormentados para todo o sempre. 14 E a morte e o inferno foram lançados no lago de fogo. Esta é a segunda morte.
[I Co. 15:24 Depois virá o fim (da era milenial), quando tiver entregado o reino a Deus, ao Pai, e quando houver aniquilado todo o império, e toda a potestade e força. 25 Porque convém que reine até que haja posto a todos os inimigos debaixo de seus pés. 26 Ora, o último inimigo que há de ser aniquilado é a morte.

Mt. 13;40 Assim como o joio é colhido e queimado no fogo, assim será no fim desta era (milenial). Mandará o Filho do homem os seus anjos, e eles colherão do seu reino tudo o que causa escândalo, e os que cometem iniqüidade. E lançá-los-ão na fornalha de fogo; ali haverá pranto e ranger de dentes. Então os justos resplandecerão como o sol, no reino de seu Pai. Quem tem ouvidos para ouvir, ouça.

CONCLUSÃO

I Coríntios 15:20 Mas de fato Cristo ressuscitou dentre os mortos, e se fêz primícias dos que dormem:

I Co. 15:23 Mas cada um por sua ordem: Cristo, as primícias (e os comprados da terra como primícias Ap. 14), depois os que são de Cristo, na sua vinda (Mt.25:31).

Atos 3:19 Arrependei-vos, pois, e convertei-vos, para que sejam apagados os vossos pecados, e venham assim os tempos do refrigério pela presença do Senhor, E envie ele a Jesus Cristo, que já dantes vos foi pregado. O qual convém que o céu contenha até aos tempos da *restauração de tudo, dos quais Deus falou pela boca de todos os seus santos profetas, desde o princípio.


IMPORTANTE

1- Cristo se fez primícias dos que dormem (I Co. 15:20).
2- Os mortos serão as primícias (primeiros frutos I Ts. 4:15, I Co. 15:23           
3- Os 144.000 foram comprados como primícias. (Ap. 14:4)
4- Os Benditos de Meu Pai (vivos por ocasião da segunda vinda), promessa de Deus com Abraão, de Mt. 25:31, serão os povos que habitarão a terra *regenerada (At. 3:19), sob o governo de Cristo e seus colaboradores, Reis e Sacerdotes.

CONGREGAÇÃO CRISTÃ DO SEGUNDO ADVENTO
Henrique Gomes
19/04/17


EZEQUIEL 43

1 Então me levou à porta, à porta que olha para o caminho do oriente.
E eis que a glória do Deus de Israel vinha do caminho do oriente; e a sua voz era como a voz de muitas águas, e a terra resplandeceu por causa da sua glória.

E a glória do Senhor entrou na casa pelo caminho da porta,
cuja face está para o lado do oriente.
E levantou-me o Espírito, e me levou ao átrio interior;
e eis que a glória do SENHOR encheu a *"casa."

Eis aí a casa do Pai que o Senhor Yahwshwa citou em João 14:2 

Na *"casa" de meu Pai há muitas moradas; se não fosse assim,
eu vo-lo teria dito. Vou preparar-vos lugar.


Esta é a nova Jerusalém de Ap. 21:2 e 3

E eu, João, vi a santa cidade, a nova Jerusalém, que de Deus descia do céu, adereçada como uma esposa ataviada para o seu marido.
E ouvi uma grande voz do céu, que dizia: *Eis aqui o tabernáculo de Deus com os homens, pois com eles habitará, e eles serão o seu povo, e o mesmo Deus estará com eles, e será o seu Deus.

Ez. 43:6
E ouvi alguém que falava comigo de dentro da casa,
e um homem se pôs em pé junto de mim.
E disse-me: Filho do homem, este é o lugar do meu trono, e o lugar das plantas dos meus pés, onde *habitarei no meio dos filhos de Israel para sempre.


Ap 21

24 E as nações dos salvos andarão à sua luz; e os reis da terra trarão para ela a sua glória e honra.

Ap. 22

E mostrou-me o rio puro da água da vida, claro como cristal, que procedia do trono de Deus e do Cordeiro. No meio da sua praça, e de um e de outro lado do rio, estava a árvore da vida, que produz doze frutos, dando seu fruto de mês em mês; e as folhas da árvore são para a saúde das nações.

*Sabemos  portanto, que na época de Ezequiel não havia ainda a Igreja de Cristo, razão pela qual Israel é citada como nação eleita. Porém com a nova aliança, todos os filhos de Deus são filhos de Abrão, não havendo separação entre Israel e Igreja.

Gl. 3:28

Nisto não há judeu nem grego; não há servo nem livre; não há macho nem fêmea; porque todos vós sois um em Cristo Jesus.
E, se sois de Cristo, então sois descendência de Abraão, e herdeiros conforme a promessa.

Ezequiel 44

1 Então me fez voltar para o caminho da porta exterior do santuário, que olha para o oriente, a qual estava fechada. 2 E disse-me o SENHOR: Esta porta permanecerá fechada, não se abrirá; ninguém entrará por ela, porque o SENHOR, o Deus de Israel entrou por ela; por isso permanecerá fechada.

Zc. 14

4 E naquele dia estarão os seus pés sobre o monte das Oliveiras, que está defronte de Jerusalém para o oriente;
8 Naquele dia também acontecerá que sairão de Jerusalém águas vivas, metade delas para o mar oriental, e metade delas para o mar ocidental.

Ap. 22:

E mostrou-me o rio puro da água da vida, claro como cristal, que procedia do trono de Deus e do Cordeiro. No meio da sua praça, e de um e de outro lado do rio, estava a árvore da vida, que produz doze frutos, dando seu fruto de mês em mês; e as folhas da árvore são para a saúde das nações.


Ap. 19

6 E ouvi como que a voz de uma grande multidão, e como que a voz de muitas águas, e como que a voz de grandes trovões, que dizia: Aleluia! pois já o Senhor Deus Todo-Poderoso reina.
Regozijemo-nos, e alegremo-nos, e demos-lhe glória; porque vindas são as bodas do Cordeiro, e já a sua esposa se aprontou.
8 E foi-lhe dado que se vestisse de linho fino, puro e resplandecente; porque o linho fino são as justiças dos santos.

14 E seguiam-no os exércitos no céu em cavalos brancos, e vestidos de linho fino, branco e puro.






Gráficos Pós tribulacionistas




CLICK NO GRÁFICO ABAIXO PARA AMPLIAR
TECLE "ESC" PARA SAIR






Importante:

A maioria dos Cristãos, atualmente acredita que a igreja de Cristo não passará pela tribulação de Mt. 24:21, assim sendo, não precisam esperar a Cristo, até por que, usam o termo “ninguém sabe nem o dia nem a hora”.

Será que o médico que assiste a grávida, sabe o dia e a hora do nascimento de uma criança?... A resposta é não. Será que ele sabe o mês? Certamente que sim. Por que  o sinal do início da gravidez é marcado com a ausência da regra da mulher. [cessou-se o tempo do Israel sem Pátria em 1.948, conseqüentemente não sai mais sangue de Israel]. E no final da gravidez,  pelas dores cada vez mais freqüentes ele identifica o tempo [temos todo o tipo de dores de parto para esse mundo que aí está, ainda mais se atentarmos para Israel, onde ocorrerá o desfecho final das profecias apocalípticas].


A grande maioria dos crentes, insiste em acreditar que estarão livres deste momento, devido à irresponsabilidade de suas lideranças, já que as profecias que estão para se cumprir, lhes soam de forma muito incômoda.  Se agarram em Darby e Scopfild (séc. XIX), que apregoaram uma história que afirma que o arrebatamento será antes dos últimos 7 anos do atual sistema de governo humano. Desta forma, podem jogar pela janela o livro das Revelações de Jesus  Cristo (Apocalipse), juntamente com as demais  profecias das Escrituras.


É evidente, que os ressurretos e arrebatados (no ultimo dia) e os  cento e quarenta e quatro mil selados de Ap. 7, irão compor a população de súditos do Reino de Cristo, na qualidade de Reis e Sacerdotes. Assim como sabemos que a nação de salvos, regida por esse Reino, será composta por salvos, advindos de todas as nações, referidos em Mt. 25:31 e esses dois grupos passarão pela tribulação, e irão representar o 1/3 de todas as nações, segundo as profecias de Zacarias 13 e seu livramento é explícito e muito claro em Ap. 12 e Dn. 12.

MULHER DE AP. 12 = IGREJA DE CRISTO NA GT.

Israel nação não convertida + católicos romanos + evangélicos + os restantes,
todos que se converterem  na G.T.

E VIU-SE um grande sinal no céu: uma mulher vestida do sol, tendo a lua debaixo dos seus pés, e uma coroa de doze estrelas sobre a sua cabeça.
2  E estava grávida, e com dores de parto, e gritava com ânsias de dar à luz.


5  E deu à luz um filho homem que há de reger todas as nações com vara de ferro; e o seu filho foi arrebatado para Deus e para o seu trono.


6  E a mulher fugiu para o deserto, onde já tinha lugar preparado por Deus, para que ali fosse alimentada durante mil duzentos e sessenta dias.
14  E foram dadas à mulher duas asas de grande águia, para que voasse para o deserto, ao seu lugar, onde é sustentada por um tempo, e tempos, e metade de um tempo, fora da vista da serpente.

Daniel 12

 E haverá um tempo de angústia [Mt.24:21], qual nunca houve, desde que houve nação até àquele tempo; mas naquele tempo livrar-se-á o teu povo, todo aquele que for achado escrito no livro.

Dn. 9:27

 E o que está determinado será derramado sobre o assolador e seus perpetradores.

Durante os 1.260 dias finais da G.T. as 7 taças da ira divina, serão derramadas sobre o anticristo e o seu povo, os perpetradores do concerto (a saber os dois terços da população da terra, existentes na ocasião, que serão exterminados, segundo Zacarias 13) e não sobre os santos da tribulação, como querem dizer os crentes de Scopfild.


A REGENERAÇÃO DA TERRA E A NOVA JERUSALÉM

  
Alguns textos que dão a visão da regeneração da terra e instalação da cidade, Sede Mundial do Reino de Cristo:

Zc. 14:4

 E naquele dia [segunda vinda] estarão os seus pés sobre o monte das Oliveiras, que está defronte de Jerusalém para o oriente; e o monte das Oliveiras será fendido pelo meio, para o oriente e para o ocidente, e haverá um vale muito grande; e metade do monte se apartará para o norte, e a outra metade dele para o sul.

8 Naquele dia também acontecerá que sairão de Jerusalém águas vivas, metade delas para o mar oriental, e metade delas para o mar ocidental; no verão e no inverno sucederá isto.



EZEQUIEL 43

1 Então me levou à porta, à porta que olha para o caminho do oriente.
E eis que a glória do Deus de Israel vinha do caminho do oriente; e a sua voz era como a voz de muitas águas, e a terra resplandeceu por causa da sua glória.

E a glória do Senhor entrou na casa pelo caminho da porta, cuja face está para o lado do oriente.
E levantou-me o Espírito, e me levou ao átrio interior; e eis que a glória do SENHOR encheu a *"casa."


Eis aí a casa do Pai que o Senhor Yahwshwa citou em João 14:2 


Na *"casa" de meu Pai há muitas moradas; se não fosse assim, eu vo-lo teria dito. Vou preparar-vos lugar.


Esta é a nova Jerusalém de Ap. 21:2 e 3


E eu, João, vi a santa cidade, a nova Jerusalém, que de Deus descia do céu, adereçada como uma esposa ataviada para o seu marido.


E ouvi uma grande voz do céu, que dizia: *Eis aqui o tabernáculo de Deus com os homens, pois com eles habitará, e eles serão o seu povo, e o mesmo Deus estará com eles, e será o seu Deus.



EZEQUIEL 43:6 

E ouvi alguém que falava comigo de dentro da casa, e um homem se pôs em pé junto de mim. E disse-me: 
Filho do homem, este é o lugar do meu trono, e o lugar das plantas dos meus pés, onde *habitarei no meio dos filhos de Israel para sempre.

9 E o SENHOR será rei sobre toda a terra; naquele dia um será o SENHOR, e um será o seu nome.

Ap. 22:1


E mostrou-me o rio puro da água da vida, claro como cristal, que procedia do trono de Deus e do Cordeiro.
No meio da sua praça, e de um e de outro lado do rio, estava a árvore da vida, que produz doze frutos, dando seu fruto de mês em mês; e as folhas da árvore são para a saúde das nações.


24 E as nações dos salvos andarão à sua luz; e os reis da terra trarão para ela a sua glória e honra.



Observamos pelos versículos acima, que no dia em que o Senhor pisar o Monte das Oliveiras (At. 1:10), a atual Jerusalém deixará de existir e os montes onde a cidade hoje se encontra, serão aplainados, para dar lugar à Nova Jerusalém, sede do governo teocrático de Cristo. Vejamos nas Escrituras:

  
.


I Co. 2:9

 Mas, como está escrito: As coisas que o olho não viu, e o ouvido não ouviu, E não subiram ao coração do homem, São as que Deus preparou para os que o amam.

Salmo 115:16

 Os céus são os céus do SENHOR; mas a terra a deu aos filhos dos homens.



Por – Henrique Gomes
Pesquisas e Web Desing – Mario Augusto Soares

7ª rev.

5 comentários:

  1. É um assunto um tanto difícil para alguns, principalmente os principiantes, mas devemos estar atentos.

    ResponderExcluir
  2. Que o Senhor me use agora: Meu amado mais uma vez a Paz do Senhor Jesus.Tenho lido todo esse blog e vi algumas ou muitas coisas que me desculpe,que coloca a Biblia em contradição e a Palavra é Fiél:Você falou de Tribulação,Arrebatamento,Ressurreição,Milenio enfim;agora queria dessa vez analizar com o irmão alguns equivocos por exemplo.Devemos deixar a Biblia Interpretar a própria Bíblia isso é Hermeneutica e usar a Exêgese..dois assuntos de princípio que envolve um todo das profecias,e veja meu querido como é serio e estou aqui no seu blog na humildade do Espírito ok.Amado você não pode apricar essas profecias de Tess.Apoc. e os 144.000 e Ressurreição etc, com os acontecimentos de Daniel cap.9:20 ao 27 principalmente,analiza comigo o contexto irmão? ELE Fazer Aliança com muitos isto o anjo está dizendo que Jesus faria essa aliança na metade da profecia dos 7 anos e ATRAIRIA muitos a CRUZ.O assunto aqui em Daniel irmão não é tempo do fim e sim a Profecia da destruição do templo de Jerusalem,ve ai vs 24,25 ( santa cidade e terminara a expiação do que? do sacrificio,expiar os pecados)agora vs 25 diz o inicio dessa profecia e que está registrado na história e la em Esdras cap.7:12,14 quando é dada essa ordem de restaurar a Jerusalem que estava destruida por Nabucodonosor do qual fala o LIVRO de DANIEL e o próprio Daniel está ai preso,orando no cap.9 pela profecia Grande de Daniel cap.8:14,15 e ele não entendeu.Agora quando ele acaba de orar vem a resposta do inicio dessa profecia vs 23 ok até ai..o estudo é longo e é o Deus do Céu que Revela os Mistérios Prófeticos né....e mais não fala do anticristo essa profecia,,,quem faz cessar o sacrifio de cordeiro e ofertas no templo e o Cordeiro que foi morto na metade da semana..e ai me diz e a outra metade:Veja três anos e meio o Senhor pregou,olha como a Biblia e o Espírito é Fiél,,ainda em Daniel 9:26 seria morto o Ungido Jesus(confirma)depois do Batismo,três anos e meio e os outros três anos e meio foi a morte de Estevão,da qual Deus diz:Agora israel regeitou e o Evangelho começou ser pregado aos gentios,ve ai se bate nos vs 26 jerusalem agora é destruida de novo e sobreveio a eles o diluvio..então esse ELE é Jesus,leia com humildade e o Senhor ti salvará na revelação..agora tem outros e você nota que se você for sincero com o Senhor e realmente desejar a Salvação e note irmão falo no Senhor,,nem sei como vim parar no seu blog,e acredito que nada nessa vida acontece por acaso ok....assim sendo a Interpretação,todas as outras que seguem como colocaste aqui,tem que refletir o porque desse equivoco não è verdade...espero que fui respeitoso com vossa pessoa e gostaria de uma resposta assim como tenho lido todos os seus aqui...um abraço e Paz...11953737909

    ResponderExcluir
  3. Meu amado irmão, Alexandre, Amilenistas e pré-milenistas, nunca se entenderam neste assunto, não quero convence-lo de nada, posto que você é servo de Deus e quem admoesta seu irmão admoesta servo alheio (Rm. 14). Porém conheço essa corrente escatológica que não posterga a Septuagésima Semana. Tenho exaurido as Escrituras atrás desses assuntos e estou convencido pelo grande número de versículos que ela será postergada, vou citar somente estes pertinentes ao texto em questão. Porém, conheço essa corrente escatológica que você defende, não tem nada de Espirito Santo nela, é invenção da congregação que você frequentou, ou livros que leu, são tantos pontos que ela diverge de nossa compreensão, que não vi como comentar, como:
    Dn. 9:24 Setenta semanas estão determinadas sobre o teu povo, e sobre a tua santa cidade, para: (1) cessar a transgressão, (2) e para dar fim aos pecados, e para expiar a iniqüidade, (3) e trazer a justiça eterna, (4) e selar a visão e a profecia, e para ungir o Santíssimo.
    1- Não cessou a transgressão na época de Cristo ou no primeiro século.
    2- Não deu fim ao pecado (Se dissermos que não temos pecado, enganamo-nos a nós mesmos, e não há verdade em nós. 1 João 1:8
    Se dissermos que não pecamos, fazemo-lo mentiroso, e a sua palavra não está em nós. 1 João 1:10
    Por tanto, vemos o desenvolvimento da Igreja com suas conversões até os dias de hoje em luta com o pecado.

    Não expiou a iniquidade, ela só será expiada após a vinda de Cristo, com o sopro da sua boca II Ts. 2:8 E então será revelado o iníquo, a quem o Senhor desfará pelo assopro da sua boca, e aniquilará pelo esplendor da sua vinda.
    3- Não trouxe justiça eterna: Só Reino de Cristo (milênio) poderá trazer justiça eterna e paz para nossas almas.
    4- Também, consequentemente não selou a profecia.
    Outra coisa, que coloco neste momento, é que você não tem levado em consideração a diferença entre a tradução grega (septuaginta) e a tradução judaica, que é a correta quando lemos o antigo testamento, só João Ferreira não nos instrui corretamente, veja:


    ResponderExcluir

  4. Vou citar duas traduções, uma judaica e outra judaico-cristã. Em Daniel 9:27 vemos:
    26 Então depois de 62 semanas o Mashiach será tirado, ...O povo de um príncipe ainda por vir, destruirá a cidade e o santuário, mas seu fim virá como uma inundação e desolações estão decretadas até a guerra acabar. 27 Ele fará uma aliança firme com os lideres por uma semana, na metade da semana fará sessar o sacrifício e a oferta de grãos. Sob a ocorrência de coisas detestáveis o desolador virá e continuará a agir até que a destruição já decretada seja vertida sobre ele.

    Ora, no verso 26 o Messias é retirado (3/4/33 aproximadamente), então vem a profecia da destruição de Jerusalém em 70, só daí é que Daniel escreve sobre a aliança firme com os líderes. Primeiro, Jesus nunca fez aliança com lideres e neste momento desta aliança ele já estava tirado na 69ª. Semana. Você não está levando em consideração a ordem dos fatos.
    Outra tradução Judaica, do mesmo texto diz:
    26 E depois dos 62 períodos será abatido o Ungido e não haverá outro; o povo de um monarca que virá, destruirá a cidade e o santuário. 27 Por um período (7 anos), ele forjará pactos consistentes com os poderosos e no meio do período ele abolirá o sacrifícios e oblações, abominações serão praticadas sobre as elevadas alturas, até que venha o extermínio sobre seus perpetradores.
    Eis aí: Mais uma vez observa-se que há um monarca que virá para fazer pactos consistentes com os PODEROSOS. Nunca Yahshua fez pactos com poderosos e mais uma vez vê-se que isto acontece depois da retirada do Mashiach.
    Extermínio do povo do monarca? Nunca houve, nem a queda do império romano trouxe o extermínio de Roma, que aliás volta na condição da besta religiosa de Ap. 17. Será exterminado sim. Com “o sopro da sua boca” (II Ts.2:8). A Tradução Almeida diz: O que está determinado será derramado sobre ele [e os perpetradores do conserto], ou seja, derramamento das taças de Ap. 16. Por que a Igreja na tribulação, nos 1.260 dias finais receberá o livramento de Ap. 12.
    Prá concluir vemos em II Ts. 2:3 que A vinda de Nossos Senhor não acontece antes que venha esse monarca que praticará as abominações dentro do templo que deve ser construído em breve, estando em Israel, tudo preparado para isso.
    Paz e graça

    Henrique

    ResponderExcluir
  5. https://www.youtube.com/watch?v=6s4HRG3qfkk

    ResponderExcluir